5 cuidados que você precisa ter ao comprar um imóvel na planta!

4 minutos para ler

Para comprar imóvel na planta é preciso paciência. A atenção do comprador deve ser redobrada nesse tipo de negociação, para evitar transtornos futuros. No entanto, a negociação correta traz muita economia ao consumidor, por isso, vale a pena investir em conhecimento e se preparar para uma aquisição nessa modalidade.

Se você quer aprender como fazer uma compra na planta de forma segura, continue acompanhando este artigo. Apresentaremos 5 cautelas que te ajudarão nesse processo!

1. Analisar o histórico da construtora

Comprar imóvel na planta exige confiança de que o empreendimento será concluído e o imóvel será entregue. A melhor forma de assegurar boas chances de isso acontecer é conferindo o histórico da construtora.

Uma boa reputação no mercado, obras anteriores entregues no prazo e baixo número de demandas judiciais são bons indícios de que a empresa é séria. Conversar com moradores de empreendimentos já entregues para verificar o índice de satisfação também é uma boa ideia.

2. Verificar a documentação do empreendimento

Quando considerar fechar negócio, é importante analisar cuidadosamente a documentação. Os principais documentos que devem ser apresentados são: memorial descritivo da obra, matrícula do terreno no registro imobiliário onde consta a averbação da incorporação e certidões negativas referentes aos tributos do imóvel e da incorporadora.

Os documentos devem ser apresentados sem maiores questionamentos. Se houver qualquer problema nessa fase, é melhor desistir do negócio.

3. Olhar os detalhes da maquete

A maquete do empreendimento não é apenas um elemento lúdico do stand de vendas. Ela serve como representação visual do projeto e deve ser encarada com seriedade.

Além de observar a parte decorativa, o comprador deve se orientar no espaço para entender a posição geográfica do empreendimento, verificando a incidência de luz natural e as características das áreas externas.

4. Revisar as condições contratuais

O contrato não deve ser assinado de forma irrefletida, no mesmo dia da decisão por adquirir o imóvel. O ideal é que as condições contratuais sejam analisadas com cuidado por um especialista, a fim de garantir que estão de acordo com a lei. Até a assinatura do contrato, as condições podem ser revistas, por isso, é importante aproveitar a oportunidade.

A revisão profissional das condições contratuais também serve para a identificação de taxas abusivas que podem ser incluídas na realização do contrato. A recusa no pagamento desse tipo de cobrança é muito melhor fundamentada quando há apoio técnico na negociação.

5. Visitar a obra

Para ter certeza da situação do local onde serão realizadas ou já estão acontecendo as obras, nada mais simples que conferir in loco. Compareça ao endereço do empreendimento e verifique as condições do terreno em obras (e também do seu entorno).

Veja se as ruas têm toda a infraestrutura básica, se o transporte público é de fácil acesso, se há feiras livres, estabelecimentos comerciais movimentados ou qualquer outro elemento que deva ser levado em consideração. Use suas constatações a seu favor no momento de negociar o preço do imóvel.

Comprar imóvel na planta é uma opção econômica e que permite melhores condições para a aquisição da casa própria. Com as devidas cautelas, é um ótimo negócio. Em caso de dúvidas, sempre considere buscar a assessoria de profissionais especializados, garantindo uma transação mais segura.

Gostou do artigo? Aproveite para disseminar o conhecimento compartilhando este post em suas redes sociais!

Posts relacionados
× WhatsApp