Casas com dívidas para assumir: vale a pena comprar?

4 minutos para ler

Na busca do imóvel dos sonhos, você se depara com um que é perfeito. Depois de se informar melhor, descobre que os vendedores estão enfrentando dificuldades financeiras e o imóvel está com pendências financeiras. E agora? Será que vale a pena comprar casas com dívidas para assumir?

Para saber a melhor forma de analisar a questão, continue acompanhando este artigo. Apresentaremos um panorama sobre o assunto para que você decida com segurança!

Descubra todas as informações

Os vendedores afirmaram que o imóvel tem dívidas, mas de qual tipo? Cada dívida tem consequências jurídicas específicas e pode mudar drasticamente a viabilidade da compra do imóvel.

Peça a documentação completa dos valores devidos, indicando sua natureza e quais os encargos envolvidos. As dívidas mais comuns em imóveis são:

  • financiamento imobiliário;
  • hipotecas;
  • IPTU;
  • multas municipais e taxas;
  • contas de consumo como água, luz, gás;
  • condomínio.

Peça certidões atualizadas de todas as prestadoras de serviços, órgãos públicos e também do condomínio para conferir a real situação das dívidas. Essa documentação é importante para que o negócio seja considerado viável e concluído de forma segura.

Entenda qual é a proposta

Quando os vendedores informam a existência de dívidas para assumir, qual é a proposta? Os valores pagos serão abatidos do preço de mercado do imóvel? Haverá uma diferença paga diretamente aos proprietários?

Entender essas questões é parte fundamental do processo de análise das casas com dívidas para assumir. Em alguns casos, como na transferência de um financiamento imobiliário, o preço final de compra pode fazer com que o negócio saia muito caro. Calcule com cuidado todos os valores envolvidos.

Pesquise mais a fundo

Qualquer compra de imóveis deve seguir cautelas, mesmo que os vendedores digam que o imóvel está em perfeitas condições. No caso da compra de casas com dívidas para assumir, esses cuidados são ainda mais importantes.

Os tribunais entendem que só deve ser protegido o adquirente que tomou as cautelas para buscar informações e, mesmo assim, não soube de processos judiciais que sobre o imóvel. Por isso, não negligencie os pedidos de certidões, especialmente nos casos em que há problemas financeiros.

Procure auxílio profissional

Depois de pensar bastante, ainda acredita que vale a pena prosseguir no negócio? Precisa de ajuda para entender melhor a situação? Busque o auxílio de um advogado!

Os profissionais da advocacia imobiliária são capazes de fornecer um diagnóstico completo da situação de um imóvel, além de antecipar os riscos de um negócio. Investir na consultoria jurídica antes de fechar negócio ajuda a mitigar alguns riscos e formatar o negócio da maneira mais segura para todos os envolvidos. É muito melhor contar com assessoria jurídica desde o início do que deixar para buscar um profissional quando os problemas já se consolidaram.

Comprar casas com dívidas para assumir pode até ser um bom negócio, mas é preciso muita cautela na análise da situação. Caso exista um forte interesse ou a situação seja mesmo de grande oportunidade o ideal é buscar o apoio de um advogado especializado para melhorar as chances de êxito no negócio.

Se você precisa de auxílio jurídico para questões imobiliárias, entre em contato conosco e conheça nossa proposta de trabalho!

Posts relacionados

Deixe um comentário

× WhatsApp