Posso usar o FGTS para reforma da minha casa?

3 minutos para ler

Muitas vezes quem já tem a casa própria vê a necessidade de fazer reparos nela. Os custos das obras podem ser bastante altos e por isso muitos cogitam se é possível usar o FGTS para reforma. Será que a lei permite esse tipo de prática?

Para descobrir se o FGTS pode ser usado em reformas e o que mais é possível fazer para pagar pelas melhorias na casa, continue acompanhando este texto! Temos informações importantes sobre o assunto!

O FGTS pode ser usado em reforma?

Se o que passou pela sua cabeça é a liberação dos recursos, assim como se faz na compra de um imóvel, a resposta é não. O FGTS de contas que não têm autorização de levantamento não pode ser utilizado para reformar a casa.

Mas isso não quer dizer que é preciso desistir de arrumá-la! A seguir, exploramos algumas alternativas para tornar esse projeto possível!

Quais são as linhas de crédito para reforma?

A primeira alternativa para quem precisa reformar e não tem dinheiro é usar linhas de crédito com juros mais vantajosos. Com condições especiais é possível fugir das taxas abusivas e fazer a reforma com tranquilidade, mesmo sem o FGTS.

Empréstimo consignado

Quem é aposentado, pensionista, servidor público ou empregado pela CLT pode conferir opções de crédito com desconto em folha. Como o pagamento do empréstimo é feito diretamente na fonte, o custo efetivo total é menor que o de um crédito pessoal.

Refinanciamento

Se o imóvel é quitado, pode ser uma boa ideia fazer um refinanciamento. Como a casa fica de garantia para o pagamento do empréstimo, os juros são mais vantajosos.

Construcard da CAIXA

O Construcard é uma linha de crédito para comprar material de construção usando o cartão concedido pela CAIXA. Com ele é possível adquirir os materiais em até seis meses em diversas compras nas lojas cadastradas.

FIMAC FGTS

O empréstimo que utiliza recursos do FGTS para conceder crédito para reformar ou ampliar a casa. O valor liberado é de até vinte mil reais.

Quando é possível sacar o FGTS?

Uma maneira de usar o FGTS para reforma é fazer o saque dos recursos e utilizar o dinheiro para o pagamento das despesas. Muitas pessoas deixam os recursos parados no banco por não saber que podem levantá-los.

É importante lembrar que o FGTS é separado por contas. Cada contrato de trabalho representa uma conta diferente, e a possibilidade de saque pode ser diferente em cada uma delas. As principais hipóteses que autorizam o saque do FGTS são:

  • rescisão de contrato de trabalho;
  • fim do contrato com prazo determinado;
  • aposentadoria pelo INSS;
  • três anos ininterruptos sem vínculo empregatício;
  • doenças graves, como HIV ou câncer;
  • ser atingido por desastres naturais;
  • completar 70 anos de idade, dentre outras.

A impossibilidade de usar o FGTS para reforma da mesma maneira que se utiliza para a aquisição de imóveis não é o fim da linha! Na hora de reformar sua casa, verifique opções de crédito disponíveis no mercado e não se esqueça de conferir se há dinheiro disponível para saque.

Agora que você aprendeu mais sobre o FGTS em reformas, veja também como regularizar um imóvel construído!

Posts relacionados

Deixe um comentário

× WhatsApp